Papa diz que igreja precisa de mais descentralização

18/10/2015 13:38

O papa Francisco pediu neste sábado por uma “descentralização saudável” do poder na Igreja Católica Romana, incluindo mudanças no papado, e com maior poder de decisão para os bispos locais.

Papa Francisco fez seus comentários em uma cerimônia que marca o 50º aniversário da fundação do Sínodo dos Bispos, um encontro mundial que, ocasionalmente, aconselha o papa em uma série de questões.

Ao longo dos anos, muitos bispos têm se queixado de que o sínodo, que se reúne no Vaticano a cada poucos anos, tornou-se um órgão fraco e ineficiente.

O papa argentino disse que o tipo de colegialidade –o governo papal da igreja, em colaboração com os bispos– previsto na reforma do Segundo Conselho do Vaticano de 1962-1965 ainda não tinha sido alcançado.

Conferências episcopais nacionais e regionais devem ter mais autoridade para tomar decisões que afetem os fiéis em suas áreas ao invés de sempre se voltarem para Roma por uma decisão centralizada que tem que agregar tudo, disse ele.

“Nesse sentido, eu sinto a necessidade de avançar com uma descentralização saudável”, disse ele.

O papa também disse que era “necessário e urgente pensar em uma conversão do papado”, uma possibilidade que foi inicialmente sugerida pelo papa João Paulo II em 1995.

Sem entrar em detalhes, papa Francisco disse que “mais luz poderia ser derramada” no exercício do papado, tanto para os 1,2 bilhão de membros da igreja quanto nas suas relações com outras igrejas cristãs.

Por Victor Simão - DA REDAÇÃO REUTERS BRASIL

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!