Mendes critica McGregor, promete surra e diz estar pronto para UFC 189

10/07/2015 00:30

Chad Mendes (FOTO: Luis Fernando Coutinho)

Neste sábado, Chad Mendes terá uma grande chance de se tornar campeão do Ultimate, quando encara Conor McGregor, pelo cinturão interino dos penas, no UFC 189, em Las Vegas (EUA). O americano entrou na vaga de José Aldo, que se lesionou e não teve condições de atuar, faltando três semanas para a luta, mas garantiu estar bem fisicamente e mentalmente para lidar com o irlandês.  

 
 
 

- Tenho sido competidor de alto nivel a minha vida toda. Eu lido com caras assim o tempo todo. Já bati muita gente assim, é parte do jogo. Estou 100% de bem com isso, é uma grande oportunidade pra mim e vou aproveitá-la. Honestamente me sinto muito bem, deixem que pensem que não estou bem, mas me sinto ótimo. Estou me sentindo bem mesmo, estou animado para lidar com o estilo dele. Sou mais atlético que ele. Fiquem ligados - disse o atleta da Team Alpha Male, após o treino aberto.



 Sobre o confronto pelo título, algo que já passou duas vezes, sendo derrotado em ambas para José Aldo, Mendes garante que há uma pressão extra. No entanto, o americano garante que é um lutador mais completo que seu adversário e lhe prometeu uma lição.

- É uma luta de titulo, tem muita expectativa em torno. Mas estou focado, sei que ele está no topo só por conta das bobagens que fala. Bom que não precisei ouvir toda essa besteira durante o camp todo. Cheguei fresco e estou pronto. Vou dar uma surra nele. Acho que ele tem um estilo ótimo pra mim, tenho mais poder de finalização que ele. Eu sei o que tenho que fazer para chutar o traseiro dessa criança. Sei que ele adora o dinheiro, eu adoro dinheiro. Dinheiro está sempre em mente. Se ele quer se focar nisso, deixe ele que vou bater na sua cara - adiantou.

 

Questionado sobre a lesão de Aldo, Mendes admitiu que esse tipo de contusão é dolorido e que já passou por isso. O atleta ainda comentou a questão da criação do cinturão interino para este combate, apesar do brasileiro não estar nem um ano afastado.

- É algo dificil de se lidar, ele teve um tour pelo mundo fazendo toda aquela promoção, um treinamento longo, deve ser diifcil. Sei como é lesão na costela, é uma droga. Não sei o quanto duro é, mas não é brincadeira - afirmou, emendando.

- A droga é que Aldo se machuca toda hora, isso ocorre muito com ele. Muitas pessoas se irritam com isso, mas as lesões estão fora do nosso alcance, temos lembrar que isso é MMA, nos batemos todos os dias. Tentamos não nos machucar, mas acontece - concluiu.


Por Julio Cesar - De Redação L!. 


 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!