Exclusivo! Atleta salgueirense campeão mundial de Jiu-Jítsu reclama da falta de apoio local ao esporte

13/07/2015 18:34

Em entrevista ao Salgueiro Notícias Paulo Maia falou sobre a falta de apoio aos atletas locais.

                           

                                                                        Paulo Maia atleta salgueirense

                        #Salgueiro #está #se #tornando #um #Cemitério #de #Atletas


        "Paulo é um professor excelente,ele respeita todos e ainda ajuda como pode!" Disse um de seus alunos.

O atleta salgueirense Paulo Maia, lutador de Jiu-Jítsu, que segundo o mesmo é dono de mais ou menos 25 Títulos no esporte, inclusive um campeonato Brasileiro e um Mundial, reclama da falta de apoio por parte do poder público salgueirense. Em um comentário na sua rede social Paulo falou o que acontece quando tenta contato com as autoridades "responsáveis". O professor de Jiu-Jítsu e Muay Thai desabafou após ter mais um comentário denunciado no Facebook.

"Paulo é faixa roxa de Jiu- Jitsu, Bi-campeão Pernambucano, Campeão Brasileiro 2015, Campeão Mundial 2015 e Grau Marrom Ponta Preta de Muay Thai e comanda o Projeto Social "LUTANDO PELO BEM'. O lutador disse que se continuar assim terá de fechar as portas do projeto. Assim acabando qualquer chance, mesmo que seja uma "gota", de esperança de vermos o nosso Salgueiro sendo exemplo de apoio ao esporte e cultura local. E de vermos nossas crianças virando destaque, saindo das drogas e violência que nossas ruas oferecem."Administrador SN.

O professor vem fazendo uma campanha nas redes sociais onde está ganhando força, e recebendo comentários de todo o Brasil e até de outros países.

                           

                                                    Paulo Maia e seus alunos na academia FIGHT GYM

Quero através desse post chamar a atenção do nosso Prefeito Marcones Libório que sempre me atendeu em seu gabinete e deixou claro quando poderia e quando nao poderia apoiar tanto a mim quanto aos meus alunos do projeto social, porém algumas pessoas despreparadas estão falhando e sujando o nome da prefeitura... Trecho retirado de post no Facebook

Em uma tentativa de contato com a CMJ de Salgueiro (Coordenadoria Municipal da Juventude de Salgueiro), Paulo que também é coordenador de um projeto social  que atende à 60 crianças foi bloqueado pelo orgão municipal, e não teve mais respostas.

"A PROMESSA"

1- Em julho de 2014 entreguei o ofício aos Sr. Bruno ( sec. de Cultura e Esportes) pedindo as passagens para o Europeu 2015, ele foi me enrolando até o inicio de janeiro para falar que não tinha verba. ( PURA SACANAGEM! )

2- Em Junho de 2014 fui até a Secretaria de Desenvolvimento Social de Salgueiro-PE pedir uma visita de algum membro da secretaria para conhecer o projeto e as crianças. Estamos em JULHO DE 2015 E AINDA AGUARDO A VISITA.

3- A CMJ Salgueiro nos prometeu ''30 kimonos'' , que na verdade não seriam doados por eles, eles queriam me contratar para dar umas oficinas no municipio e receber um valor pelo meu trabalho, com esse valor eu teria que comprar os kimonos e depois prestar contas com eles dos mesmos. EU ACHEI ERRADO, PORÉM ACEITEI. Depois de muitas conversas sobre onde e como fazer essas oficinas, eles simplesmentes não me recebem nem me respondem mais. ( TOTAL DESCASO )

 Dr. Marcondes precisamos da sua ajuda, sei do seu caracter e sei que vai resolver os problemas causados por essas pessoas que trabalham nas secretarias.  Pediu o professor mais uma vez através da rede social.

Paulo respondeu a algumas perguntas feitas pela nossa redação. Acompanhe abaixo;

SN - O que é o esporte pra você? Quais os maiores obstáculos, hoje em dia, pra quem quer viver do esporte?

Paulo Maia - O esporte hoje é meu ganha pão. Vivo de dar aula. E a dificuldade é por que eu tenho muitas aulas no projeto, a maioria dos meus alunos não pagam mensalidade. Aí eu tenho que tirar dos alunos que pagam para pagar o aluguel de 1000 reais da academia. Acabo recebendo muito pouco por mês. Sou casado , pai de uma filha e a outra nasce daqui 3 meses.

SN - Você acha que se houvesse investimentos no esporte, por parte do poder público, poderíamos mudar a dura realidade dos jovens de hoje? Que porcentagem de mudança você acha que ocorreria?

Paulo Maia - Os jovens precisam de algo diferente, algo educador. O futebol não educa. Os ídolos do futebol são péssimos exemplos: usam drogas, são baladeiros e etc. Vc não vê isso nas artes marciais. É tudo com muita disciplina.

SN - Como você vê a falta de visão pública para o setor do Jiu-jítsu?

Paulo Maia - Nossa cidade é um celeiro de talentos. Jóias raras. Se nossa prefeitura investir colherá grandes frutos mais na frente.

SN - Quantas crianças você atende em seu projeto hoje? E o que elas acham da sua iniciativa?

Paulo Maia - Atendo umas 60, elas amam a academia. Tirar isso delas seria algo muito doloroso!

SN - Qual o posicionamento da secretaria de esportes de salgueiro em relação ao seu projeto de Jiu-jítsu?

Paulo Maia - Sempre fui atrás de apoio, mas nunca olharam pra nós. Eles não imaginam o bem que o esporte tem feito a mais de 60 crianças. Muitas delas saíram das drogas e das coisas erradas. Como eu tenho coragem de críticar, os membros da secretária de esportes não falam mais comigo. Rsrsrs

SN - O que você acha que falta para os atletas locais serem mais conhecidos e respeitados?

Paulo Maia - Primeiro, precisamos de respeito. Muitas cidades queriam ter atletas como nós. Atletas do Jiu Jitsu , handbal , Muay Thai, futsal e etc. Precisamos de passagens para competições , pousadas, alimentação. Tirar isso do pratos dos  meus filhos não dá. Eu sou conhecido no mundo inteiro, e na minha própria cidade não tenho reconhecimento!

SN - O que acha da posição da prefeitura de Salgueiro, em relação  à vontade de apoiar os atletas locais?

Paulo Maia -  Eu vejo a prefeitura de Salgueiro muito omissa nesse aspecto. Eu por exemplo sou Campeão Mundial de Jiu Jitsu. Campeão Brasileiro e Bi pernambucano. Nunca vi se quer um outdoor falando disso. Esse ano para lutar o mundial tive que vender as coisas de casa para poder viajar. Salgueiro está se tornando um cemitério de atletas.

Por Victor Simão- REDAÇÃO SALGUEIRO NOTÍCIAS

 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!