ESCOLAS DE REFERÊNCIA DE SALGUEIRO ADEREM À GREVE INICIADA NA ULTIMA SEXTA-FEIRA (10)

13/04/2015 13:24

A decisão foi tomada hoje pela manhã por volta das 10 horas. Em reunião os professores das escolas EREMSAL, EREM AURÉA SAMPAIO PARENTE MUNIZ E EREM PROFESSOR URBANO GOMES DE SÁ, discutiram  se iriam ou não aderir a greve, que foi iniciada na ultima sexta-feira (10) na cidade do Recife. Depois de mais ou menos meia hora reunidos, a maioria dos professores optou por aderir a greve, ela que tem como objetivo pressionar o governo a reajustar o piso salárial dos profissionais que é de 13,1% conforme a lei federal nº 11.738/2008.

Por meio de uma manobra política o governador consegue o aprovação de um projeto em que o valor do piso salárial só será acressentado na remuneração dos profissionais que possuem o magistério (ensino médio completo). "  A questão é que um professor que cursou uma faculdade, e que fez especializações ganhará a mesma quantia que um professor que possui apenas o magistério". Esse projeto exclui 45.750 professores, e beneficia apenas 3.250 (professores que possuem magistério).

Para onde foram os 60% que são disponibilizados pelo governo federal para o pagamento dos profissionais?

Desde o mês de janeiro que os professores tentam uma comunicação com o então governador Paulo Câmara, que até esse momento não apresentou nenhuma solução para o problema. Na próxima sexta-feira será realizada uma assembleia para definir as proporções da greve se nenhuma medida for tomada.

PELA REDAÇÃO DO SALGUEIRO NOTÍCIAS

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!