Concurso INSS 2015: CESPE/UNB será o organizador!

10/08/2015 18:37

O Instituto Nacional do Seguro Social pretende mesmo antecipar a abertura de seu concurso, previsto para ser publicado até dezembro. A grande novidade aconteceu na manhã desta sexta-feira, 07 de agosto, em reunião com o Cespe/UnB para organizar a seleção. A especulação começou devido a uma reunião do Diretor de Gestão de Pessoas do órgão com representantes do CEBRASPE, doravante denominado Cespe/Unb(veja aqui). O órgão pretende preencher 950 vagas em cargos de níveis médio e superior.

INSS reuniao com cespe
INSS reunião com CESPE/UNB.

O salário do Concurso INSS 2015 é bastante atrativo. Os vencimentos para técnicos será de: R$5.259,87 mensais, enquanto analistas ganham R$7.869,09. Antes, os nomeados ganhavam R$4.620,91 e R$7.504,45, respectivamente. Isso representa, em números, ganhos de R$638,96 (+12%) no caso dos técnicos e de R$364,64 (+4,6%) para os analistas.

O último concurso do INSS foram oferecidas 1.875 vagas, distribuídas entre 1.500 para técnico e 375 para perito médico. Os técnicos foram avaliados por 60 questões objetivas, sendo 20 de Conhecimentos Gerais (Português, Ética no Serviço Público, Noções de Informática, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Previdenciário) e 40 de Conhecimentos Específicos.

Já para os graduados, no caso de analista, a última seleção aconteceu em 2013, mas para a área de Serviço Social, em 2008. Na oportunidade, foram 60 questões objetivas, versando sobre Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Noções de Informática, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Legislação Previdenciária, Legislação da Assistência Social e Conhecimentos Específicos. Os interessados nas vagas de analistas devem considerar, porém, que em 2013 a disciplina de Raciocínio Lógico foi substituída por Ética no Serviço Público.

Apesar do total de vagas autorizadas, a expectativa é que o INSS realize diversas nomeações extras, já que há uma grande carência por pessoal na autarquia. Para isso, o INSS terá que solicitar ao Ministério do Planejamento o adicional de 50% das vagas, visto que em 2011, foram 5.020 convocações, de 6.881 aprovados, ou seja, 133% além da oferta prevista em edital.

Por Victor Simão- DA REDAÇÃO NOTÍCIAS CONCURSOS

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!