Educação

29/05/2015 22:04

Trabalhadores em educação se reúnem em assembleia no primeiro dia de greve


 

Nesta sexta-feira (29), trabalhadores em educação da rede estadual reuniram-se em frente à Alepe para mais uma assembleia. Na ocasião, ficou acertada a manutenção da greve e uma nova assembleia deliberada pela categoria para o dia 2 de junho, às 14h.

 

Como de costume, no encontro foram repassados informes e retirados alguns encaminhamentos. No primeiro caso, o presidente do Sintepe, Fernando Melo, fez um resumo sobre os fatos desde a última assembleia realizada no dia 21 de maio. Durante esta semana o Governo do Estado por meio de notas oficiais assegurou que o reajuste de 7,1%, rejeitado pela categoria, será implantado agora em junho.

No dia 27 de maio, a Secretaria de Administração junto com a de Educação, publicou no Diário Oficial pontos que determinavam que a apuração será rigorosa em relação às faltas, e quem não comparecer às unidades de trabalho terão faltas descontadas. No Diário ainda consta que os servidores contratados temporariamente que aderirem à greve poderão ser demitidos e os professores das escolas integrais que aderirem à paralisação serão devolvidos as Gerências Regionais de Ensino (GREs).

O pacote de maldades parece não ter fim. O governo bloqueou as contas do SINTEPE e enviou na noite de quinta-feira (28) uma intimação assinada pelo procurador Jovaldo Nunes Gomes, o mesmo que decretou a ilegalidade do movimento. No documento está dito que as multas no valor de R$ 80 mil voltarão a ser cobradas. “A partir do dia 10 de junho o governo coloca na conta do sindicato a consignação e tira. O sindicato vai recorrer contra a medida”, garantiu Melo.

Nos encaminhamentos da assembleia desta sexta (29), os professores estaduais decidiram pela continuidade da greve, permanecendo as escolas na segunda-feira (1) fechadas e na terça-feira o SINTEPE juntos com os representantes regionais e municipais farão um apanhado da paralisação, que será repassado para a categoria em uma nova assembleia na terça-feira (2), às 14h, com local a ser definido.

Ao final do ato, os trabalhadores em educação juntamente com representantes de outras centrais sindicais, que protestaram contra o Projeto de Lei que precariza as relações trabalhistas o PL 4330, resolveram sair em passeata até o Palácio do Governo para tentar reabrir o diálogo com os representantes do governo. “Vamos juntar forças e cobrar saídas para o movimento”, finalizou Melo.

Fotos: Agência JC Mazella

SINTEPE

—————

14/05/2015 22:30

Estudante salgueirense sonha em ser jornalista, e, já mostra uma certa experiência em seus textos

Marcos Martins é um estudante salgueirense,e que sonha em ser jornalista.

Marcos Martins 18 anos, cursa o terceiro ano do ensino médio na Escola Referência em Ensino Médio Aura Sampaio Parente Muniz, EREM AUREA, em Salgueiro. De onde pretende sair direto para o curso de jornalismo em uma Faculdade Federal, pois, seu sonho é ser um jornalista profissional.

O mesmo já é "Fera" em redação, ele nos enviou um de vários de suas criações. Segundo o mesmo já fez até trabalho de faculdade para terceiros. Isso mostra o seu talento e dedicação, ao seu futuro;

   Confira uma de seus textos abaixo:

                                       A atuação pedagógica inclusiva do professor na educação básica

                                                                    Resultado de imagem para professora e aluno especial

                   PROFESSORA ENSINANDO ALUNO CEGO A LER  EM BRAILE

   A inclusão de alunos especiais nunca tinha sido tratado como um assunto importante, porque as pessoas que tivessem alguma limitação física, e, que queriam estudar, teriam que se adaptar as normas da escola regular como qualquer outro, mas hoje isso vem mudando, em todas as escolas são pedidas salas especiais para essas pessoas, o SAEE (Sala de Atendimento Educacional Especializado), sistema que foi criado para ajudar pessoas especiais a interagir com os outros alunos e professores em sala de aula.

 

   Como hoje em dia o país é que está se adaptando para receber essas pessoas especiais, no mercado de trabalho, em universidades e escolas, que colocam rampas, banheiros especiais, instrutores capacitados em cada área especializada, materiais pra atender esse alunos. Pórem, ainda há escolas que não esse tipo de material, ou essa sala, nem professores gabaritados, dentro da sala de aula ainda existe professosor que não trabalha de forma inclusiva, que deixa aquele aluno especial no canto da sala excluído. Entretanto nem tudo é perfeito, que a educação está melhorando ninguém pode negar, como se pode ver, tem muita melhoria acontecendo. Como no programa de cotas que favorece pessoas com limitações, no ENEM já marcam as provas dessas pessoas, caso elas precisem de algum tipo de apoio, recebem, como de um interprete, um ledor ou umaa prova em  braile para cegos, para conseguirem fazer a prova domesmo jeito que outras pessoas. Todavia ainda estão sendo excluídos indiretamente. Porque os recursos podem estar atendendo a esse aluno, pórem o professor regular não esta totalmente preparado, ele não tem uma formação adequada. Esse aludo pode até estar sendo atendido, pórem o professor não esta apato para se comunicar com quem tenha alguma deficiência sem alguém capacitado ao lado para atender as necessidades daquele aluno.

                                                                   Resultado de imagem para professora e aluno especial                   

                         PROFESSORA ENSINANDO E INTERPRETE AJUDANDO ALUNA SURDA

   Em virtude do que foi argumentado, pode se perceber que a atuação pedagógica da inclusão do professor na educação básica não é das melhores, mas esta melhorando, com recursos que deixam professor e aluno mais próximos, para facilitar os ensinamentos e aprendizagem, hoje em que Universitários que estão se formando em pedagógia tem área voltada para educação especial, que favorece ambas as partes, incluíndo todas as pessoas na educação.

                                                                                                                         Por MARCOS MARTINS

PELA REDAÇÃO DO SALGUEIRO NOTÍCIAS

  

 

—————

05/05/2015 15:21

Volta as aulas? Você não sabia?

SINTEPE pega professores e alunos desprevinidos!

                                                                                                                                 Foto/Reprodução SINTEPE.

Não é de estranhar que você não saiba que as aulas voltaram hoje(05/05), pois o Sindicado dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (SINTEPE), decidiu suspender a greve que já durava  24 dias até a nova assémbleia que será realizada dia 21/05. Durante a assémbleia realizada nesta segunda-feira(04/05), o referido orgão sindical resolveu que os profissionais da área deveriam voltar para suas atividades normais, porém o estado de grave ainda continua, ou seja, as negociações vão continuar, e, caso não seja créditado os 13,01% ao piso salarial que é garantido por lei, poderá ocorrer nova suspenção das atividades pedagógicas.

 A assémbleia ocorreu à tarde no Centro de Convenções de Olinda, mas, somente por volta das 20:00 horas que alguns professores e alunos de Salgueiro ficaram sabendo. "A gente só soube graças ao whatsapp, no nosso grupo uma pessoa avisou aos outros! Não concordamos com o que o sindicato fez, nos iriamos retornar hoje, mas   só os professores, para sentar e conversar. Não queriamos que os alunos viessem. Pois depois que tudo estivesse resolvido iriamos a rádio para anunciar a volta das aulas, igual fizemos quando a greve começou.", disse uma professora do EREMSAL. A falta de divulgação por parte do orgão sindical resultou em poucos alunos nas salas de aulas.

"Hoje quando meu pai foi me levar na escola, no caminho me perguntou se era verdade, e disse "Se fosse verdade eles teriam anunciado na rádio ontem!", ao chegar lá, vi  mais ou menos 100 alunos, se é que chegava a tanto. Os ônibus que antes vinham abarrotados, estavam vazios! Por isso, digo que faltou mais divulgação." Victor Simão/Administrador/Salgueiro Notícias.

PELA REDAÇÃO DO SALGUEIRO NOTÍCIAS

 

—————

20/04/2015 14:06

Professores realizarão protesto pelas ruas de Salgueiro nessa quarta-feira


sintepeAinda com as atividades paralisadas, os professores da rede estadual de ensino da cidade de Salgueiro promovem nessa quarta-feira (22) mais um protesto pelas ruas da capital do Sertão Central, reforçando a luta do Sintepe de conseguir o aumento de 13,01% para todos os educadores e não apenas para os de nível médio, como pretende o Governo do Estado.

A manifestação foi estrategicamente agendada para o dia 22, quando acontece o jogo entre Salgueiro e Flamengo, e a cidade receberá inclusive uma equipe da TV Globo nacional para cobrir a partida. A concentração será a partir das 16h na praça do Girador do Prado, de onde sairá pelas principais ruas e avenidas da cidade.

FONTE: Blog Alvinho Patriota

"Bela manobra, assim irão conseguir repercução nacional. Veremos se o governo tomará alguma atitude!" Opinião do editor/ Salgueiro Notícias

—————

20/04/2015 13:08

Absurdo!!! Veja oque mulher falou sobre greve dos professores!

Na publicação do dia 17/04, do Diário de Pernambuco (Professores decidem permanecer em greve e seguem em passeata), o qual, esse também foi publicado no Salgueiro Notícias. Uma senhora deixou  o seguinte comentário sobre o assunto abordado:

 Os nomes foram apagados e as imagens borradas, para preservar a identidade das pessoas.

Em que país estamos vivendo? Num país onde uns não conhecem os direitos dos outros? Ou não conhecem seus próprios direitos?

 Uma pessoa que faz um comentário desse tipo, só deve estar totalmente alienada! Os veículos de comunicação( rádios, tv, jornais) dentre outros, tem a função social de informar as massas. Porém muitas vezes a "BRIGA" pelo primeiro lugar de audiência faz com que, eles passem informações erradas ou caluniosas. E acaba ocorrendo coisas como essas, onde uma pessoa acaba ferindo outra, ou fala coisas sem nexo. Quando formos fazer uma crítica a alguem ou a algo, que ela seja construtiva.

"Não podemos sair por ai falando esse tipo de coisa, temos que conhecer primeiro o por quê daquilo e oque está acontecento para que aquilo esteja ocorrendo." Opinião do editor

PELA REDAÇÃO DO SALGUEIRO NOTÍCIAS

                   

—————

17/04/2015 13:53

Professores decidem permanecer em greve e seguem em passeata

Professores fizeram assembleia nesta manhã. Um boneco do governador Paulo Câmara foi confeccionado pela categoria e colocado no palco do Teatro Guararapes. Foto: Thais Arruda/Esp DP/D.A.Press

Professores da rede estadual de ensino decidiram em assembleia que irão permanecer em greve. Mesmo sob ameaça de cumprir pena diária de R$ 30 mil, os professores resolveram continuar de braços cruzados pelo menos até o dia 27, quando está marcada nova assembleia da categoria, em local ainda a ser definido. A assembleia dessa sexta-feira aconteceu no auditório Guarapares, no Centro de Convenções. De lá, os professores seguiram em passeata pela Avenida Agamenon Magalhães em direção ao prédio da vice-governadoria, na Cruz Cabugá.

O Sindicato dos Trabalhados em Educação de Pernambuco (Sintepe) já foi notificado a respeito da decisão judicial, que determinava o retorno da categoria às salas de aula, e informou que nesta tarde de sexta-feira, estará entrando na Justiça para recorrer da decisão. A ilegalidade da greve, no entanto, será definida em um julgamento por três desembargadores do Tribunal de Justiça de Pernambuco. Ainda não há previsão de quando o julgamento acontecerá.

A principal reivindicação dos docentes é a extensão do reajuste de 13, 01% a todos os profissionais e não apenas aos de nível médio, como consta no projeto de lei 79/2015, aprovado no dia 31 de março na Assembleia Legislativa. Segundo a Secretaria de Educação, 46% das unidades não funcionaram total ou parcialmente na última quinta-feira. Para o sindicato dos professores, foram 70%.

A assembleia dessa sexta-feira também foi acompanhada por diversos alunos do ensino médio de escolas do estado. Os estudantes mostraram que estão apoiando o movimento grevista da categoria.Estavam presentes professores de vários municípios como Gravatá, Petrolina, Salgueiro, São Bento do Una e Ribeirão. A categoria acordou uma programação de protestos para a próxima semana, que acontecerá em dois seminários. Na próxima quinta-feira (23) o manifesto será no município de Timbaúba e na sexta-feira (24) eles seguem para Palmares. O foco do grupo também é intensificar as inserções na televisão e no rádio a partir deste sábado.

FONTE: DIÁRIO DE PERNAMBUCO

—————

16/04/2015 22:44

BRASIL é o terceiro país que mais investe em educação no mundo

12 países que mais investem em educação

1º) Nova Zelândia

Proporcionalmente, o Brasil investe mais em educação do que se acredita: 19,2% do orçamento é gasto com a pasta. Esta é uma porcentagem maior do que países referência na área, como Suécia e Japão.

Uma pesquisa feita pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OECD), entidade que trabalha em parceria com os governos para entender suas economias, acaba de divulgar as diferenças entre os gastos de cada país com educação.

A lista baseia-se na porcentagem de orçamento da União dedicada a este setor. O Brasil ocupa o terceiro lugar no ranking,. A Nova Zelândia ocupa o primeiro lugar com 21,6%, e em segundo o México com 20,5%. Veja os 12 primeiros na galeria de fotos a seguir:

Porcentagem investida: 21,6%.

FONTE: Forbes Brasil.

 

" O Brasil investe cerca de  19,2% do arçamento nacional na educação, mas como essa porcentagem não chega a todo o país por conta de certos [empréstimos ilícitos], a edução brasileira padecê por falta de infraestrutura, de incentivos finançeiros aos professores e condições de trabalho". OPINIÃO DO EDITOR.

 

—————

16/04/2015 13:37

Liminar determina suspensão da greve dos professores em PE

(imagem ilustrativa, buscada na internet, para encrementar a matéria).

Liminar do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) determina a suspensão da greve dos professores da rede estadual deflagrada na última sexta (10). A decisão do desembargador Jovaldo Nunes, divulgada nesta quarta (15), também obriga o imediato retorno dos profissionais às atividades sob pena de multa diária de R$ 30 mil. O magistrado atendeu a um pedido do Executivo Estadual contra o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe). Procurado pela reportagem, o presidente do Sintepe, Fernando Melo, informou que a entidade vai recorrer assim que for notificada oficialmente pelo Judiciário.

Os docentes reivindicam aumento de 13,01% para toda a categoria, formada por quase 50 mil profissionais. A proposta do governo estadual é aumentar o salário dos docentes com ensino médio (antigo magistério), o que corresponde a 10% da categoria. No pedido enviado ao TJPE, o Executivo Estadual diz que “editou a Lei Estadual nº 15.465 (de 08/04/2015) concedendo o reajuste apenas aos professores do magistério estadual e não aos professores com licenciatura plena pelo fato de esses últimos já receberem remuneração compatível com o valor do piso nacional salarial (fixado em R$ 1.917,78)”.

Em nota, a assessoria de imprensa do TJPE destacou trecho da decisão do desembargador, que afirma existirem indícios de ilegalidade/abusividade na paralisação. “Verifico sem prejuízo de ulterior reexame da questão por este relator ou pelo colegiado (Corte Especial) existirem indícios de ilegalidade/abusividade no movimento paredista deflagrado pelo sindicato réu (agindo em substituição processual aos professores da rede pública estadual de ensino), na medida em que, aparentemente, o Estado de Pernambuco cumpriu com o disposto na Lei Federal nº 11.738/2008 no sentido de estabelecer o piso salarial de todos os professores da rede pública estadual no valor de R$ 1.917,78, indo, assim, ao encontro das determinações constantes da referida legislação federal”.

O comunicado do TJPE acrescenta que, na decisão, o desembargador ressalta que “a suposta ilegalidade do movimento paredista (que será analisada quando do julgamento do mérito da ação) também residiria no fato de a greve ter sido deflagrada por tempo indeterminado, bem como pelo fato de o sindicato réu não ter avisado previamente ao Governo do Estado de que deflagraria o presente movimento, além de ter havido interrupção total do serviço essencial do magistério, desconsiderando, assim, a essencialidade do serviço público da educação.”

Os professores voltam a se reunir em assembleia na próxima sexta-feira (17), no Centro de Convenções, no Grande Recife, para avaliar os rumos do movimento. Conforme o Sintepe, 70% das escolas ficaram sem atividades nesta quarta. Já a Secretaria Estadual de Educação diz que 51% das unidades de ensino foram afetadas. O levantamento foi feito com base nas aulas do turno da manhã.

Em nota divulgada à noite, o governo reforçou que pode voltar a dialogar com o Sintepe, desde que os docentes encerrem a mobilização. O texto pede que os professores “retomem às suas atividades para normalização das aulas, considerando a decisão da Justiça de decretar ilegal a greve deflagrada no dia 10 de abril. A Secretaria de Educação recomenda aos pais de alunos e responsáveis que encaminhem os estudantes para a suas escolas a fim de voltarem à normalidade das aulas”.

Fonte: G1 PE

—————

13/04/2015 13:24

ESCOLAS DE REFERÊNCIA DE SALGUEIRO ADEREM À GREVE INICIADA NA ULTIMA SEXTA-FEIRA (10)

A decisão foi tomada hoje pela manhã por volta das 10 horas. Em reunião os professores das escolas EREMSAL, EREM AURÉA SAMPAIO PARENTE MUNIZ E EREM PROFESSOR URBANO GOMES DE SÁ, discutiram  se iriam ou não aderir a greve, que foi iniciada na ultima sexta-feira (10) na cidade do Recife. Depois de mais ou menos meia hora reunidos, a maioria dos professores optou por aderir a greve, ela que tem como objetivo pressionar o governo a reajustar o piso salárial dos profissionais que é de 13,1% conforme a lei federal nº 11.738/2008.

Por meio de uma manobra política o governador consegue o aprovação de um projeto em que o valor do piso salárial só será acressentado na remuneração dos profissionais que possuem o magistério (ensino médio completo). "  A questão é que um professor que cursou uma faculdade, e que fez especializações ganhará a mesma quantia que um professor que possui apenas o magistério". Esse projeto exclui 45.750 professores, e beneficia apenas 3.250 (professores que possuem magistério).

Para onde foram os 60% que são disponibilizados pelo governo federal para o pagamento dos profissionais?

Desde o mês de janeiro que os professores tentam uma comunicação com o então governador Paulo Câmara, que até esse momento não apresentou nenhuma solução para o problema. Na próxima sexta-feira será realizada uma assembleia para definir as proporções da greve se nenhuma medida for tomada.

PELA REDAÇÃO DO SALGUEIRO NOTÍCIAS

—————

12/04/2015 16:50

Cientistas constroem tecido cardíaco com proteína das teias de aranha

Um estudo publicado na revista Plos One revela que fibras geneticamente construídas por espidroína, a proteína que forma a teia das aranhas, pode reproduzir o tecido do coração humano.

Essas fibras já se mostraram úteis para reproduzir tendões e cartilagens, e são cinco vezes mais fortes do que o aço, além de duas vezes mais elásticas do que o nylon. 

Pesquisadores do Instituto de Tecnologia e Física de Moscou decidiram experimentar se a espidroína desenvolvida em laboratório por meio de células geneticamente modificada pode ser usada para criar os cardiomiócitos, as células que formam o tecido do coração.

No experimento, os pesquisadores plantaram a matriz de uma fibra de espidroína no tecido do coração de ratos recém-nascidos. Em cinco dias, uma camada de células cardíacas havia sido formada.

Novos testes mostraram que o tecido conseguiu contrair e conduzir, simultaneamente, impulsos elétricos, assim como tecido normal do coração faria.

No futuro, seria possível criar um coração artificial inteiramente construído com essa proteína geneticamente modificada, uma esperança para pessoas com doenças no coração que aguardam durante anos por um transplante.

Ainda deve demorar alguns anos para que corações inteiros sejam feitos com esse tecido artificial. Mas o desafio inicial, de achar um material atóxico que não impeça a reprodução das células ou seja rejeitado pelo corpo, já foi atingido.

FONTE: INFO

—————



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!